09 agosto 2017

REPERCUSSÃO: 'Deu até pena do ovo. Era novinho', diz homem que acertou Doria

A Câmara Municipal de Salvador identificou três manifestantes que teriam atirado ovos no prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), na noite desta segunda-feira (7) em Salvador. O prefeito paulistano foi à Bahia receber um título de cidadão soteropolitano, mas foi recebido com protestos, vaias e atingido por ovos na Praça Municipal. Os três manifestantes sofrerão uma punição administrativa: serão proibidos de entrar no prédio da Câmara de Salvador até o final deste ano. O ato com a punição será publicado no Diário Oficial nesta quarta-feira (9). O produtor cultural Eucimar Freitas, militante do PT e membro do Conselho Municipal de Cultura de Salvador, foi um dos punidos. Ele admite ter arremessado ovos contra o prefeito de São Paulo, mas diz não saber se foi o seu que o atingiu. "Deu até pena do ovo. Era novinho", disse Freitas à reportagem, classificando o protesto como pacífico, legítimo e espontâneo -ele diz que não houve participação de vereadores na organização da manifestação.
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário