23 junho 2018

MINAS GERAIS: Acidente entre ônibus e carreta na Fernão Dias deixa morto e 16 feridos


Um acidente entre um ônibus e uma carreta no trecho de Perdões (MG) da rodovia Fernão Dias deixou um morto e 16 feridos na madrugada deste sábado (23). De acordo com o G1, o motorista reserva do ônibus morreu no local. O condutor e 15 passageiros tiveram ferimentos graves. As vítimas foram levadas a hospitais da região e 10 já foram liberadas. A Polícia Rodoviária Federal informou que o ônibus perdeu o controle e atingiu a traseira da carreta. Até o momento, o nome da vítima fatal não foi divulgado.
    

SANTOS: Menino de 7 anos morre degolado enquanto soltava pipa


Um menino de sete anos morreu no início da noite desta sexta-feira (22) enquanto soltava pipa com amigos em Santos, no litoral de São Paulo. De acordo com o G1, a vítima estava brincando com amigos quando começou a correr em busca de uma pipa que caía próximo dali. Ele acabou se enroscando na linha, que continha um produto cortante. O menino teve um corte profundo, que atingiu a traqueia. A criança foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda no local. Ele chegou a ser lavado ao Pronto Socorro da Zona Noroeste, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Até o momento, o responsável pela linha que matou Matheus ainda não foi identificado.
    

DOAÇÃO: Fundação Gates investe na eliminação da malária no Brasil


A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Ministério da Saúde fazem parte de um consórcio que acaba de receber R$ 2,2 milhões para o combate à malária. A doação foi feita pela da Fundação Bill & Melinda Gates, no início desta semana. O dinheiro chega ao mesmo tempo em que cresce o número de pessoas infectadas na América Latina, depois de uma década de diminuição de casos, de acordo com a Fiocruz. Uma das preocupações é o Brasil, onde o número de doentes cresceu 50% no primeiro semestre de 2018, em comparação com 2017, revela o pesquisador da fundação, Marcus Lacerda. Ele coordena o consórcio com as 30 entidades nacionais e estrangeiras que receberam a doação da Fundação Gates, o Instituto Elimina. Na América Latina, outra preocupação é a Venezuela, país que enfrenta crise econômica com reflexos na saúde e no aumento de infectados.
    

CONFIANÇA: Descrédito nos partidos atinge 8 em 10 brasileiros


O nível de confiança nos partidos políticos caiu para um dos menores índices da história, aponta estudo realizado pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT). Oito em cada dez brasileiros, ou 77,8%, afirmam não ter "nenhuma confiança" nessas instituições. Em estudos anteriores com metodologia similar, nunca o número foi tão elevado. Em 2014, 46,4% não confiavam nos partidos e, em 2006, 36,7%. Os principais motivos citados são a existência de corrupção nos partidos políticos e a falta de capacidade de representar os interesses dos eleitores. O pouco espaço para participação dos cidadãos e a falta de um programa político claro também foram citados como problemas.
    

ENTREVISTA: Ministro Marco Aurélio dia que prisão de Lula é ilegal; assista ao vídeo


Um dos ministros mais experientes do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso ilegalmente, durante entrevista que concedeu a uma emissora de televisão portuguesa. No entanto, ele afirmou que a ilegalidade deve ser mantida, uma vez que Cármen Lúcia, presidente da corte, decidiu não pautar essa discussão até setembro.

    

NOSTRADAMUS: As profecias mais assustadoras para 2018


O almanaque escrito por Nostradamus no ano de 1550 fazia diversas profecias que se tornaram reais, enquanto outras passaram despercebidas. Ele pode ter previsto o ataque as Torres Gêmeas, por exemplo, e outros acontecimentos. Sendo assim, nós resolvemos listar algumas profecias assustadoras feitas por este homem que viveu na época da Renascença, para o ano de 2018.
1 - Erupção do Vesúvio
Uma das previsões mais conhecidas e que causam medo nas pessoas é de que o Monte Vesúvio, na Itália, entrará em erupção neste ano. Essa profecia afirma que a erupção fará com que a terra enfrente tremores terríveis a cada 5 minutos e mate entre 6 e 16 mil pessoas.
2 - Humanos e animais conversando
Uma outra previsão de Nostradamus é de que em 2018, os homens consigam se comunicar com os animais. Já pensou falar com um porco ou um pássaro na rua e eles responderem, em alto e bom som?
3 - Colapso econômico
Não precisamos de nenhum médium para perceber que as instituições financeiras enfrentam diversos problemas atualmente. Existe uma teoria de que o próximo ano passará por uma grande crise econômica capaz de mexer, inclusive, no bolso dos mais ricos.
4 - Maior terremoto de todos os tempos
Além de uma erupção catastrófica, existe a profecia de que haverá um terremoto maior do que qualquer um que já aconteceu. De acordo com Nostradamus, o tremor que acontecerá na Califórnia será sentido de alguma forma em todo o globo terrestre.
5 - Terceira Guerra Mundial
Com as provocações entre Estados Unidos e Coreia do Norte e toda tensão no Oriente Médio, além da Rússia, isso pode realmente estar perto. Estamos acompanhando diariamente uma série de provocações entre os países. Sendo assim, nos resta esperar e torcer para que nada desse tipo comece, pois pode resultar no fim dos tempos.
6 - A morte de um líder católico
Os estudiosos da obra de Nostradamus afirmam que o ano de 2018 será marcado pela morte de um líder de alto escalão da Igreja Católica. Muitos têm medo de ser o Papa atual, Francisco, maior representatividade cristã na Terra.
7 - Desastres naturais
Há uma profecia que confirma desastres naturais como ciclones e tempestades na China, Japão, Austrália e Rússia. Ela afirma que os lugares ainda enfrentarão fortes terremotos e um grande número de mortes.
    

UBATUBA: Confirmada morte de turista por raiva humana


Um jovem de 24 anos morreu em março após ter contraído raiva humana em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 22, pela prefeitura após relatório emitido pela Secretaria Estadual da Saúde. A vítima morava em Colombo, no interior do Paraná, mas passava férias em Ubatuba, na casa do sogro. Segundo a prefeitura, ele contraiu a doença após um acidente com um morcego no dia 3 de janeiro. O paciente não buscou atendimento médico na cidade e, ao voltar ao Paraná, em 15 de janeiro, iniciou o esquema de vacinação, mas não completou o tratamento, de acordo com a administração municipal. Em 19 de fevereiro, o jovem foi internado com quadro clínico que sugeria raiva humana e morreu no dia 9 de março.
    

CRESCENDO PARA TRÁS: Desaprovação a Bolsonaro sobe a 64%, diz pesquisa


Depois de três meses de estabilidade, a desaprovação ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 60% para 64%, enquanto a aprovação caiu de 23% para 20%. Esta é a principal novidade da pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, que todos os meses analisa a opinião dos brasileiros sobre personalidades do mundo político e jurídico. Praticamente não houve mudanças nas taxas dos demais possíveis concorrentes ao Planalto. "Bolsonaro vem mantendo esse patamar de aprovação há um ano", disse Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos. "É possível que seja um dado que confirme seu teto. O início da campanha eleitoral, após a Copa, vai testar a solidez dessa aprovação." O que aparece em pior situação é Geraldo Alckmin, do PSDB: 70% desaprovam seu desempenho, contra 18% de aprovação.
    

GOVERNANTE DE MENTIRA: Acuado, Trump apela a mães de vítimas de crimes atribuídos a imigrantes


Eu não tive a sorte de ser separada por cinco ou dez dias [do filho]. Eu fui separada permanentemente." Foi assim que a americana Laura Wilkerson, cujo filho foi morto por um imigrante ilegal, iniciou um evento organizado pela Casa Branca nesta sexta-feira (22), quando o governo Donald Trump enfrenta críticas internas e externas à decisão de separar crianças migrantes dos pais que entram no país sem documentos. Ela e outras 12 mães e pais estiveram ao lado do republicano para contar suas histórias. Seus filhos foram baleados, atropelados por motoristas embriagados, estuprados, torturados. "Essas são as famílias que a mídia ignora. Não se fala delas", afirmou Trump, tentando chantagear, defendendo o endurecimento das leis migratórias dos EUA e o maior controle de fronteiras.
    

ENSINO: MEC adia ampliação do tempo de formação de professor


O Ministério da Educação (MEC) pediu o adiamento da implementação da resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) que amplia o tempo de formação dos professores. A resolução, homologada em junho de 2015 pela própria pasta, estabelece que a formação dos professores será mais longa e mais voltada à prática em sala de aula. A carga horária dos cursos de licenciatura deverá passar de 2,8 mil, o equivalente a três anos de formação, para 3,2 mil ou quatro anos de formação. Na época, foi estabelecido o prazo de dois anos, ou seja, até meados de 2017, para que os cursos em funcionamento se adequassem às novas regras. O prazo já havia sido estendido no ano passado e terminaria este mês.
    

CONFIRA AS REGRAS: Edital do Enade é publicado


O edital do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (22). De acordo com o documento, estudantes de 27 cursos de bacharelado e superior tecnológico terão o desempenho avaliado. As provas serão aplicadas no dia 25 de novembro, a partir das 13h, no horário de Brasília.  Antes, entre 2 de julho e 12 de agosto, os coordenadores de cursos deverão fazer as inscrições dos estudantes ingressantes regulares e dos estudantes concluintes. Além disso, aqueles com previsão de concluir o curso precisam realizar o cadastro de 14 de agosto a 21 de novembro para ter acesso ao sistema do Enade. Ambos procedimentos deverão ser feitos pelo portal do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Entre os cursos que serão avaliados pelo Enade neste ano estão Comunicação, Design, Direito, Relações Internacionais, entre outros. No ano passado, foram avaliados os de exatas e de licenciatura. Na prova, os estudantes deverão responder dez questões de Formação Geral, sendo duas discursivas e oito de múltipla escolha e outras 30 questões de Componente Específico de cada área de avaliação, sendo três discursivas e 27 de múltipla escolha.  
    

POLÊMICA: Fazenda Nacional questiona ato de Moro


A decisão do juiz Sérgio Moro de impedir o uso de provas obtidas pela Lava Jato contra delatores deflagrou um clima de insegurança na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) em relação à cobrança de R$ 2,3 bilhões em débitos tributários dos investigados. O órgão jurídico do Ministério da Fazenda vai pedir esclarecimentos sobre o alcance da decisão, pois teme que a medida acabe limitando a atuação dos procuradores, já que as apurações tiveram as delações como ponto de partida. De acordo com despacho divulgado no dia 13, Moro proibiu órgãos de controle de usar informações da Lava Jato contra empresas e delatores que colaboram com as investigações. Determinou também que, caso as instituições queiram utilizar os dados, devem solicitar a ele autorização específica sobre o colaborador ou a empresa leniente.