01 junho 2017

IBGE CORRIGE TEMER: Ainda é cedo para dizer que o Brasil saiu da recessão

A gerente de contas nacionais do IBGE, Rebeca Palis, avalia que ainda é cedo para falar em saída da recessão, apesar do crescimento de 1% do PIB no primeiro trimestre de 2017 ante o último de 2016, conforme divulgado nesta quinta (1º) pelo instituto. "É preciso esperar um pouco para ver o que vai acontecer este ano. A gente teve crescimento no trimestre, mas foi sobre uma base muito deprimida. E, se olharmos no longo prazo, ainda estamos no mesmo nível de 2010, disse ela, quando questionada se o país está saindo da recessão. Para especialistas, as duas características que indicam fim da recessão - crescimento em vários setores e em rota sustentável - não estão claramente configuradas no Brasil atualmente. Segundo economistas, o PIB pode voltar a recuar no segundo trimestre, principalmente após a deterioração do cenário político, com risco de paralisia de reformas, como a da Previdência. A crise no governo, aliada aos dados que começam a sair relativos ao segundo trimestre, elevam o risco de que o PIB volte a cair nos próximos meses.
Reações: