02 junho 2017

CADEIA NELA: Médica é acusada de ferir ética ao zombar de paciente em rede social

Uma médica de São Paulo fez a foto de um prontuário e postou-a na rede social. Tudo para debochar do nome da paciente Valmita Dias, de 65 anos. "Isso é um nome... Já imaginou quando ela era bebê?", pergunta Claudia Regina Zanella, de 50 anos, que foi afastada do plantão do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, São Paulo, nesta quinta-feira (1º). Os filhos da aposentada foram alertados sobre o post por amigos. "Nossa, eu fiquei indignado", contou, ao G1, o motorista Edivan Vital da Silva, de 42 anos. Revoltados, os familiares procuraram a Justiça. "Ela feriu a ética. Vamos tomar providências na esfera cível e criminal", contou o advogado Marco Antônio Pinheiro. Um boletim de ocorrência foi registrado nesta quinta-feira (1º). O Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) informou, em nota, que apura o caso.
Reações: