29 maio 2017

DESAVENÇA: Temer quer resolver 'caso Renan' e dá ultimato ao PMDB

O presidente Michel Temer não está contente com as duras críticas feitas pelo colega de partido Renan Calheiros. De acordo com reportagem do jornal O Globo, ele deu um ultimado para que o PMDB resolva a situação. Temer teria conversado com o ex-presidente José Sarney e com presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) que não admitiria mais o tom de Renan e que eles tinham até terça-feira para resolver tudo. Caso contrário, o presidente estaria disposto a demitir os aliados do senador. Ao conversar com a reportagem do jornal, Renan Calheiros afirmou que pretende realizar, ainda nesta segunda-feira (29), um pronunciamento onde falará sobre a crise que o Brasil enfrenta. "Nessa crise, um dia após o outro é uma eternidade. Eu não vou cair. Farei um pronunciamento e, lá no final, vou agradecer a ele (Temer) por ter ido a Alagoas", disse ele.
Reações: