22 abril 2017

PARALISAÇÃO: Sindicatos convocam greve contra reformas no dia 28 de abril

Sindicatos e outros movimentos sociais estão organizando atos para a próxima sexta (28) contra as reformas da Previdência e das leis trabalhistas. O Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP) declarou nesta quinta (20) que a categoria vai aderir ao movimento. Segundo levantamento preliminar, a greve deverá afetar ao menos cem escolas na capital paulista. As organizações da rede particular do Rio de Janeiro e de Campinas (SP) também já mostraram interesse em participar da paralisação. As informações são da Folha de S. Paulo. A greve geral do dia 28 foi convocada por sindicatos e federações no dia 27 de março, alegando que as medidas do governo Temer são uma afronta aos direitos trabalhistas.
Reações: