22 abril 2017

CIRO GOMES: 'Doria não presta, enriqueceu com dinheiro público'

Conhecido por falar o que pensa, o possível candidato à Presidência da República pelo PDT em 2018, o ex-ministro Ciro Gomes, voltou a atacar o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), nesta sexta-feira (21), na Universidade de Lisboa, em Portugal, em uma palestra sobre o cenário político econômico do Brasil. "A gente denuncia, chama de ladrão e é processado. Denunciei Temer, denunciei Eduardo Cunha. 15 anos depois, ele (Eduardo Cunha) está lá preso e eu aqui livre dando palestra. A política é assim", afirmou o ex-ministro. "Doria não presta. Ficou rico com dinheiro público", concluiu. Ciro já havia chamado Doria de "'playboy' descomprometido com a população" e dito que São Paulo iria "experimentar um retrocesso grave", além de discordar do fato do tucano "se apresentar como 'não político' tendo sido chefe da Embratur no governo Sarney e tendo enriquecido bastante fortemente com dinheiro público dos governos do PSDB". Na época, Doria disse que Ciro foi desrespeitoso com a população de São Paulo e "confirmou" a sua "instabilidade emocional e desequilíbrio político".
Reações: