24 abril 2017

ELEIÇÕES NA FRANÇA: Macron e Le Pen derrotam 'sistema' e vão ao 2º turno

Repleto de reviravoltas, o acirrado primeiro turno das eleições presidenciais na França terminou da maneira que era mais esperada: com o liberal Emmanuel Macron, de 39 anos, e a ultranacionalista Marine Le Pen, de 48, na frente. Com 84% das urnas apuradas, já se sabe que os candidatos do movimento de centro Em Marcha! (23,35%) e da ultranacionalista Frente Nacional (22,47%) disputarão o segundo turno da corrida pelo Palácio do Eliseu, em 7 de maio, para saber quem comandará a maior potência militar da Europa e uma das maiores economias do planeta. O resultado da votação também marca uma derrota contundente do establishment político, que pela primeira vez na história da Quinta República, fundada em 1958, não terá um de seus dois principais partidos no segundo turno. Desde o fim de fevereiro, quando o conservador François Fillon (Os Republicanos) passou a cair nas pesquisas, praticamente todos os levantamentos apontavam uma disputa entre Macron e Le Pen, apesar do crescimento do esquerdista Jean-Luc Mélenchon na reta final.
Reações: