25 março 2017

FORTE DERROTA DE TRUMP: Republicanos retiram projeto contra 'Obamacare'

Sem conseguir o apoio necessário, o Partido Republicano retirou nesta sexta-feira (24) o projeto de lei da reforma do sistema de saúde proposto pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que substituiria o "Obamacare". O texto devia ter sido votado na última quinta (24), mas a falta de consenso entre os conservadores fez com que a sessão fosse adiada em um dia, tempo no qual o governo pretendia reunir os números necessários para sua aprovação. Após a prorrogação no prazo, Trump subiu o tom contra seus correligionários e ameaçou até manter a reforma do democrata Barack Obama caso seu projeto não fosse votado, porém a tática não deu resultado: os mais conservadores entre os republicanos consideravam o texto muito parecido com o Obamacare, enquanto os moderados o achavam excessivamente duro. Nesta sexta, segundo fontes citadas pela "CNN", a própria Casa Branca pediu para o Partido Republicano, que tem maioria no Congresso, retirar o projeto da pauta parlamentar, em uma dura derrota para o magnata neste início de mandato. "Trump está convencido de ter feito todo o possível, mas não se pode obrigar as pessoas a votarem", comentou o porta-voz do governo, Sean Spicer, ainda antes da lei ser engavetada.
Reações: