03 abril 2017

RÚSSIA: Explosão em metrô de São Petersburgo foi atentado terrorista

O premiê russo Dmitry Medvedev afirmou pelo Facebook que a explosão que atingiu o metrô de São Petersburgo, na Rússia, nesta segunda-feira (3), e deixou pelos menos 50 vítimas, entre mortos e feridos, foi um "atentado terrorista". O Comitê de Investigação do país fez um comunicado informando que foi aberta uma investigação por ato terrorista e que os investigadores vão examinar "todas as outras eventuais pistas". Anteriormente, o presidente Vladimir Putin, que é natural de São Petersburgo, havia dito que não se sabia o que causou a explosão, mas que considerava a hipótese de se tratar de um atentado terrorista. Em entrevista à emissora Vesti-24, o procurador-geral Aleksandr Kurennoi garantiu que as autoridades da Rússia não vão poupar esforços para esclarecer os fatos. "Faremos o máximo para esclarecer os fatores que tornaram possível esse ataque terrorista e para evitar novos casos no futuro", afirmou.
Reações: