07 março 2017

PRÉ-NATAL: Como preparar o corpo para a gravidez?

Gravidez não é doença, mas é sempre bom preparar o corpo para gestar um bebê com saúde e proporcionando saúde ao feto. Planejar com antecedência é muito importante para que o seu corpo tenha tempo de se adaptar e sentir os efeitos das mudanças, segundo o site Baby Center.
1. Comece o pré-natal o quanto antes
Consultar uma ginecologista-obstetra para que ela veja quais as reais necessidades do seu corpo, como tomar vacinas e vitaminas e fazer exames é uma das primeiras medidas de quem decide engravidar. Assim que o teste der positivo, dê início ao pré-natal.
2. Alimente-se bem
Grávidas não precisam comer em dobro, mas precisam ter alimentação saudável e equilibrada, controlando a ingestão de sal e açúcar, para evitar complicações como a diabetes gestacional. Os enjoos também podem dificultar a alimentação, por isso é bom apostar em alimentos saudáveis e que incluam muitas verduras, frutas, legumes, carboidratos integrais e proteínas.
3. Cuide do que você come
Alguns alimentos estão contaminados, por isso devem ser evitados durante a gravidez, tais como: queijos brie, camembert, roquefort, gorgonzola, queijos brancos tipo frescal ou Minas, por conta da listeriose (doença que provoca aborto espontâneo ou problemas graves no recém-nascido); carnes cruas ou mal passadas, por conta do risco de toxoplasmose; verduras e legumes e frutas que não estejam bem lavados; carnes, ovos, leite, peixes e massa de bolo crua podem transmitir salmonela.
4. Tome ácido fólico
Este suplemento é considerado vital na gravidez, pois ajuda a prevebir má formação do tubo neural do bebê, que geram espinha bífida ou mielomeningocele. O indicado para a maioria das mulheres é de 400 mcg de ácido fólico por dia. Ferro e cálcio são igualmente importantes, bem como ômega 3 e vitamina D.
5. Faça atividade física regularmente
Os exercícios lhe dão preparo físico para suportar o peso extra da gravidez, aguentar o estresse e fortalecer os músculos para a hora do parto. Além disso, melhora o humor. Converse com o médico para saber quais as atividades mais indicadas, mas natação, caminhadas, hidroginástica e yoga são uma excelente pedida.
6. Exercite os músculos da região da vagina
O assoalho pélvico precisa ser fortalecido para combater a incontinência urinária, e para isso basta contrair e relaxar os músculos da vagina.
7. Não tome remédios sem consulta médica
A maioria dos remédios e contra-indicado em caso de gravidez, por isso, pergunte sempre do especialista se pode ou não.
8. Reduza o consumo de cafeína
Café, chás (aguns) e refrigerantes são estimulantes e podem contribuir para o risco do bebê nascer abaixo do peso, por isso, o mais indicado é reduzir a quantidade para três cafés por dia, no máximo.
9. Pare de fumar e de beber
Essas recomendações são expressas e não existe "um pouco". Gestantes não podem fumar ou ingerir álcool sob hipótese alguma, sob risco de aborto espontâneo, parto prematuro e de ter bebê abaixo do peso.
10. Repouse
O cansaço e o sono são comuns no início da gestação, por isso não hesite em respeitar o seu corpo e pegar leve. Reduza o estresse para o mínimo.
Reações: