22 outubro 2017

GOIÂNIA: Juíza determina internação provisória de menor que atirou em escola

A juíza plantonista Mônica Cézar Moreno Senhorello seguiu recomendação do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e determinou, neste sábado (21), a internação provisória do estudante de 14 anos que atirou contra colegas no Colégio Goiyases, em Goiânia. As informações são do G1. O adolescente está apreendido na Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) após matar dois colegas e ferir quatro, em ataque realizado na sexta-feira (20). A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) informa que o menor deverá se apresentar ao Juizado da Infância e Juventude na segunda-feira (23). O garoto foi ouvido pelo promotor de Justiça Cássio Sousa Lima na tarde de hoje.
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário