03 agosto 2017

ESTRATÉGIAS DE TEMER: Emendas, promessas de cargos e pacote de bondades

Bilhões liberados em emendas parlamentares, promessa de cargos a partidos, pacote de bondade para a bancada ruralista e ministros em ação no plenário foram algumas das estratégias usadas pelo governo Michel Temer para conseguir barrar na Câmara denúncia contra ele apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR). Era necessário o aval da Câmara para que a denúncia por corrupção passiva continuasse o trâmite no Supremo Tribunal Federal (STF), e foi rejeitada nesta quarta-feira (2) por 263 votos, contra 227 pela continuidade do processo. No pronunciamento que fez após o resultado, Temer afirmou que a rejeição não foi uma vitória pessoal. "A decisão soberana do parlamento não é uma vitória pessoal de quem quer que seja, mas é uma conquista do estado democrático, da força das instituições e da própria Constituição", disse.
(G1)
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário