13 julho 2017

BNDES retira recursos do trabalhador e dá a grandes empresas

O BNDES empresta recursos cobrados dos trabalhadores a grandes empresas, localizadas predominantemente nos Estados mais ricos do país. Este é o principal argumento usado pelo Ministério da Fazenda para defender a mudança na taxa de juros nos empréstimos do banco nas discussões no Congresso Nacional. A nova taxa, a TLP, foi criada por medida provisória, e deverá passar por votação dos parlamentares. Desde as críticas do presidente do banco, Paulo Rabello de Castro, à TLP, na semana passada, a equipe econômica engrossou os argumentos para evitar uma derrota no Congresso. Nesta quarta-feira (12), em audiência pública no Senado, assessor especial de políticas microeconômicas do Ministério da Fazenda, João Manoel Pinho de Mello, ressaltou que os recursos dos empréstimos vêm de impostos cobrados dos trabalhadores e servem para mitigar os efeitos do desemprego (como seguro-desemprego).
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário