05 julho 2017

BAURU: USP aprova criação de curso de Medicina

Uma data histórica para a consolidação de Bauru como polo regional de saúde ocorreu nessa terça-feira (4), no Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP), na Capital. A abertura da primeira turma de graduação em Medicina, com 60 vagas iniciais já para 2018, saiu da gaveta após a articulação do deputado estadual Pedro Tobias (PSDB), que obteve aval do governador e médico Geraldo Alckmin (PSDB), o empenho pessoal do reitor da USP, Marco Antonio Zago, do secretário estadual de Saúde, David Uip, a partir da iniciativa da diretora da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e superintendente do Centrinho, Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, somados à parceria local assumida pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD). A aprovação, com 67 votos dos 97 conselheiros, foi condicionada. Conselheiros de outras unidades da USP mostraram preocupação com a garantia de recursos para sustentar a criação do curso. Zago pediu apoio aos conselheiros e negociou, ainda ontem, que a abertura da graduação em Medicina fosse condicionada à assinatura de convênio junto à Secretaria Estadual de Saúde para dar suporte estrutural ao funcionamento do novo hospital, no campus, e financeiro. Ao JC, o governador garantiu que cumprirá o acordado. No primeiro vestibular, já em 2018, serão oferecidas 60 vagas em período integral.
(JCnet)
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário