11 julho 2017

"ATO QUESTIONÁVEL": Presidente da CCJ critica troca de membros

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), criticou na manhã desta terça-feira (11) a mudança de integrantes do colegiado para tentar garantir maioria na votação da denúncia por corrupção passiva oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR). "Acho um procedimento inadequado. Até sob o ponto de vista ético, questionável. Fere a independência dos deputados. Imagine a situação de um deputado que está na Comissão de Constituição e Justiça, relator de diversas matérias, e é sacado por causa do ponto de vista que ele tem sobre um tema", disse Pacheco, em entrevista à rádio CBN.
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário