19 julho 2017

ASSÉDIO POLÍTICO: Recesso parlamentar é tempo de manobras e conchavos

Durante o período do recesso parlamentar, a política só para nos plenários, nas comissões, nos gabinetes e nos corredores do Congresso Nacional. Fora dali, as conversas, as promessas, os compromissos, os conchavos – e as traições – não deixam de acontecer. O recesso é apenas um detalhe no conturbado cenário da política brasileira. Deputados e senadores estão em recesso a partir desta terça-feira, e só voltarão ao trabalho em 1.º de agosto. A Câmara, então, deverá votar a aceitação da primeira denúncia feita contra o Presidente Michel Temer, de corrupção passiva. O procurador-geral da República disse na segunda-feira que não tem pressa, e que duas outras denúncias contra Temer virão antes da data marcada (17 de setembro) para Rodrigo Janot ser substituído na PGR por Raquel Dodge. Qual será o destino de Michel Temer?
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário