22 junho 2017

SEM CRISE: Partidos querem aprovar fundo de R$ 3,5 bi para bancar campanhas

Ao todo sete partidos (PMDB, PSDB, DEM, PSB, PP, PR e PSD), com o apoio do PTB que não esteve na reunião no gabinete do presidente interino do PSDB, Tasso Jeiressatti (CE), fecharam um pacto para aprovar, uma mini reforma política que prevê a criação do fundo de financiamento da campanha de 2018. A estimativa inicial de R$ 3,5 bilhões em caixa. De acordo com a reportagem do jornal O Globo, a construção da proposta que deverá ser votada em urgência ainda no primeiro semestre no Senado, ficou a cargo do líder do governo Romero Jucá (PMDB-RR) e deverá ser apresentada já na próxima semana. O fundo, que será constituído só em anos eleitorais, deverá ser composto por uma parte do Orçamento Geral da União e também de emendas parlamentares. Além do fundo de campanha eleitoral para substituir o fim do financiamento privado, os partidos continuarão recebendo as fatias do Fundo Partidário, que é mensal.
Reações: