19 junho 2017

SÃO PAULO: Fóruns têm 566 armas roubadas com 2 ataques em 15 dias

No segundo ataque a um fórum do Estado de São Paulo no intervalo de 15 dias, uma quadrilha invadiu um prédio da Justiça em Diadema, no ABC paulista, e roubou 391 armas, incluindo revólveres, pistolas, três submetralhadoras e um fuzil. A ação na noite de sábado (17) foi semelhante à outra, no último dia 3, em Guarujá, no litoral paulista, quando bandidos levaram 175 armas do fórum criminal da cidade. Os mega-assaltos, com saldo de 566 armas roubadas em duas semanas, expõem um problema alertado por especialistas desde a última década: a fragilidade da Justiça em garantir a guarda segura do armamento apreendido em ocorrências criminais. Sob a vigilância de equipes pequenas nos prédios públicos, essas armas acabam voltando ao poder de bandidos. No ataque deste final de semana ao Fórum de Diadema, um grupo estimado em dez criminosos rendeu e encarcerou os três vigias que faziam a segurança do prédio todo, incluindo as armas guardadas. Ninguém se feriu e nenhum dos suspeitos foi preso. Além dos crimes deste mês, um plano de ataque ao Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste, foi frustrado em abril, com a prisão de dois homens suspeitos de cavar um túnel que ligava um comércio desativado a essa unidade. As investigações apontaram que a intenção dos criminosos era a de roubar armamento pesado do local que está sob posse da Justiça. Um levantamento do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) de 2011 apontava que, naquele ano, as comarcas do país guardavam 755 mil armas.
Reações: