29 junho 2017

RIO: Pastor evangélico é preso por estupro de enteada de 12 anos

Um líder da Igreja Evangélica foi preso nesta quinta-feira (29), no Rio de Janeiro, após a comprovação de que é pai do filho da própria enteada. A criança foi gerada após sucessivos estupros da adolescente, que tinha de 12 anos, em 2011. O suspeito também deverá responder por lesão corporal. O laudo da polícia afirma que o pastor agrediu a menina quando ela estava grávida. O resultado do exame de DNA, realizado pelo Instituto de Pesquisa e Perícia em Genética Forense da Polícia do Rio de Janeiro, comprovou a paternidade e a prisão foi realizada por agentes da Delegacia de Atendimento à Mulher, em Jacarepaguá, na Zona Oeste da capital fluminense. A vítima tem hoje 18 anos e a criança, 4 anos. O suspeito, identificado apenas como Z.N.V., negou a autoria do crime. Segundo inquérito da polícia, o homem aproveitava-se do fato de ser pastor evangélico como álibi.
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário