21 junho 2017

RIO: Idosa que aplicava golpes alegava problemas de saúde

Maria Odília Guedes Nascimento, de 62 anos, foi presa preventivamente na segunda-feira (19), acusada de estelionato. A idosa reúne 45 passagens pela polícia e, segundo a investigação da 12ª DP (Copacabana), a golpista usava sempre a mesma estratégia para enganar as vítimas. De acordo com o jornal Extra, as vítimas de Maria Odília eram sempre idosos que alugavam quartos. A idosa dizia que era dona de uma pousada em Bahia e que estava no Rio para operar a vista. "Ela passava um cheque do aluguel adiantado e colocava um valor a mais, que pedia para a locatária adiantado. Ela dizia que um parente depositaria o dinheiro e que precisava desse valor adiantado para começar o tratamento. A pessoa só percebia o golpe quando o cheque voltava", afirmou a delegada Kelly Goularte. A golpista localizava as vítimas por anúncios de jornal. A delegada explicou que as vítimas podem comparecer na delegacia para reconhecer a acusada.
Reações: