27 junho 2017

RESPOSTA DE JANOT: PGR contesta Temer e diz que há 'fartos elementos de prova'

O Procuradoria Geral da República divulgou nota no final da tarde desta terça-feira (27) para contestar as afirmações do presidente Michel Temer em pronunciamento horas antes no Palácio do Planalto. No pronunciamento, Temer afirmou que a denúncia é "ficção" e que não há "provas concretas" contra ele. Segundo a PGR, há "fartos elementos de prova" que fundamentam a denúncia de corrupção apresentada nesta segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF). A PGR também afirma na nota que o ex-procurador da República Marcello Miller não atuou na delação premiada de executivos da empresa JBS. "Sobre o ex-procurador da República e hoje advogado Marcello Miller, a Procuradoria-Geral da República esclarece que ele não participou das negociações do acordo de colaboração premiada dos executivos do Grupo J&F", diz a nota da PGR.
(G1)
Reações:
    

0 comments:

Postar um comentário