14 maio 2017

REINO UNIDO: 'Herói acidental' de 22 anos conseguiu travar ciberataque

Um jovem de 22 anos foi, neste sábado (14), elogiado pela imprensa internacional por ter parado a propagação do ciberataque que, desde sexta-feira (13), atingiu empresas de telecomunicações e energia de todo o mundo, com malware ativado para agir em escala mundial. De acordo com o Guardian, o dono da conta do Twitter ‘MalwareTechBlog’, um especialista inglês de segurança eletrônica, de apenas 22 anos, conseguiu encontrar e ativar uma espécie de interruptor que travou a propagação do ‘ransomware’ (software malicioso que rouba dados de um computador, exigindo dinheiro para devolvê-los). O jovem contou com a ajuda de Darien Huss, da empresa de segurança Proofpoint. O interruptor foi escondido no malware pelo próprio criador, para o caso de querer pará-lo. O jovem descobriu o fato por meio de uma URL de nome estranho que não estava registrada. Ao registrar o domínio, com 10 euros (cerca de R$ 40), o inglês travou o vírus automaticamente. Vale lembrar que a Europol, gabinete europeu de polícias, informou, em nota, que este ataque “é de um nível sem precedentes e vai exigir uma investigação internacional complexa para identificar os culpados”.
Reações: