29 maio 2017

PETROBRAS: Mercado questiona queda no preço da gasolina

A política de preços instituída pela Petrobras em outubro do ano passado está sendo questionada pelo mercado desde que a estatal anunciou redução dos preços da gasolina e do diesel na última quinta-feira (25). Analistas afirmam que a gasolina está sendo vendida no Brasil, no mínimo, sem prêmio com relação às cotações internacionais. A redução foi de 5,4% no preço da gasolina e de 3,5% no preço do diesel. Os preços já foram cortados três vezes só este ano, o que colaborou para o recuo da inflação. "Foi estranho. A gente imaginava que ia subir, pois o petróleo e o câmbio estavam subindo", disse o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires, à Folha de S. Paulo. Segundo seus cálculos, a Petrobras ficou sem margem de lucro na importação de gasolina após os últimos cortes. Já no caso do diesel, ainda há margem de 17%.
Reações: