04 maio 2017

Moro volta a ouvir réus em processo que acusa Lula de receber propina

O ex-diretor da OAS Roberto Ferreira, o ex-diretor da Agenor Franklin Medeiros e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, serão ouvidos pelo juiz Sérgio Moro, nesta quinta-feira (4), no processo em que Lula é suspeito de receber um tríplex no Guarujá como pagamento de propina. As audiências deveriam ter sido realizadas em 28 de abril, mas foram adiadas a pedido dos advogados, em função da greve geral marcada para aquele dia, segundo informações do portal G1. O último réu a depor será o próprio ex-presidente, no próximo dia 10. O depoimento era para ter ocorrido no dia 3 último, mas também foi adiado a pedido da Polícia Federal, que alegou não ter conversado com as autoridades competentes para garantir a segurança.
Reações: