01 maio 2017

Governo minimiza greve, mas tenta diálogo com centrais sindicais

Mesmo tendo desvalorizado o poder da greve da última sexta-feira (28), o governo pretende dialogar com as centrais sindicais. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, Rodrigo Maia (DEM-RJ) teria tomado a iniciativa. A nota informa que Paulinho da Força (SD-SP) surge como um nome forte para intermediar as conversas. Em uma declaração recente, um ministro do governo Temer teria dito que “Dilma subestimou muito o poder do Paulinho”. Quanto aos partidos aliados, quem deve perder espaço é o PTN. Mesmo com cargos na Funasa, eles votaram contra a reforma e cargos deverão ser cortados. Dois deputados do partido, além de um do PMDB, devem ser exonerados.
Reações: