17 maio 2017

EUA: Dados divididos por Trump com a Rússia vieram de Israel, diz jornal

As informações de inteligência compartilhadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com autoridades russas na semana passada foram fornecidas por Israel, informou nesta terça-feira (16) o jornal "The New York Times". Israel é um aliado histórico dos Estados Unidos no Oriente Médio e foi escolhido como um dos destinos de Trump em sua primeira viagem ao exterior, programada para a semana que vem, desde que chegou à Presidência. A revelação de que os dados compartilhados com a Rússia vêm de Israel pode comprometer as relações entre os dois países. Autoridades americanas disseram ao "The New York Times", em condição de anonimato, que Israel havia pedido em ocasiões anteriores que os Estados Unidos lidassem com precaução com as informações compartilhadas. Israel não confirmou ser é a fonte das informações compartilhadas por Trump com a Rússia. "Israel tem total confiança em nossa relação de compartilhamento de inteligência com os Estados Unidos e pretende aprofundar essa relação nos próximo anos sob o presidente Trump", disse ao "New York Times", em nota, o embaixador israelense em Washington, Ron Dermer.
Reações: