29 maio 2017

Cobertura da mãe de Áecio estaria envolvida em esquema de corrupção

O delator Joesley Batista, dono da JBS, apontou que a cobertura da mãe de Aécio Neves, em São Conrado, zona nobre do Rio de Janeiro, seria usada para um esquema de corrupção. Segundo a delação, a venda do imóvel seria usado para repassar 40 milhões de reais para o senador. De acordo com uma reportagem do 'Fantástico', da rede Globo, o esquema seria intermediado pela irmã do senador, Andrea Neves, presa no dia 18. Segundo o delator, a negociação teria sido feita no mesmo dia em Aécio Neves pediu ao dono da JBS R$ 2 milhões de propina. A assessoria do senador disse que o imóvel tem 1200 metros quadrados, e que seria avaliado entre R$ 35 e R$ 40 milhões. A reportagem apurou com especialistas da área que a cobertura duplex custaria um valor muito abaixo do que foi dito pela defesa de Aécio: aproximadamente R$ 17 milhões.
Reações: