30 maio 2017

AÉCIO E JOESLEY SOBRE CHEFE DA PF: 'Tem que tirar esse cara'

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) alegou ao dono da JBS, Joesley Batista, ter pressionado o presidente Michel Temer para fazer mudanças na Polícia Federal, incluindo a substituição do diretor-geral do órgão, Leandro Daiello. Na gravação, entregue como parte do acordo de delação premiada, Aécio disse que o presidente deveria aproveitar a crise gerada pela Operação Carne Fraca para fazer a substituição. "Não vai ter outra. Porque nós nunca tivemos uma chance onde a PF ficou por baixo, né?", disse Joesley. "Aí vai ter quem vai falar, 'é por causa da Lava Jato'. [O governo pode responder] 'Não, é por causa da Carne Fraca', completou Aécio. Aécio também contou a Joesley que outros empresários também pressionavam Temer para a troca do comando da PF. "Pressionaram. A polícia tem que fazer um gesto. Errou. Não adianta os caras ficarem falando que não, a Polícia Federal tem que falar: 'Ó, realmente foi um erro do delegado que, enfim, não dimensionou a porra. Era um negócio pontual. Em três lugares. Já está contido e tal'. O laudo, pãpãpã, e zarpar com esse cara", disse.
Reações: