12 abril 2017

Rússia veta investigação da ONU sobre ataque químico na Síria

Em uma reunião tensa no Conselho de Segurança da ONU nesta quarta-feira (12), os EUA afirmaram que a Rússia está "se isolando na comunidade internacional" ao manter o apoio ao ditador sírio, Bashar al-Assad. Como previsto, Moscou vetou uma resolução que instalaria uma investigação da ONU sobre o ataque químico que deixou mais de 80 mortos no nordeste da Síria na semana passada. Foi o oitavo veto russo a uma resolução contra Assad desde o início da guerra civil síria, em 2011. "Aos meus colegas da Rússia, vocês estão se isolando da comunidade internacional a cada vez que os aviões de Assad lançam outra bomba de barril em civis e toda vez que Assad tenta matar de fome uma comunidade", disse a embaixadora americana, Nikki Haley.
Reações: