18 abril 2017

Obesidade avança 60% em dez anos, mas fica estável em 2016

A parcela de brasileiros obesos cresceu 60% em dez anos, aponta a nova edição da pesquisa Vigitel, do Ministério da Saúde. Em 2016, esse percentual foi de 18,9%. Já em 2006, era de 11,8%. Ao mesmo tempo em que houve avanço na obesidade nos últimos anos, a pesquisa mostra que a guerra contra a balança pode estar perto de dar seu primeiro sinal de trégua. Isso porque, em 2016, o índice de obesos ficou estável em relação ao ano anterior. Cenário semelhante ocorre quando considerados todos os brasileiros com excesso de peso, 53,8% em 2016, contra 53,9% em 2015. São considerados acima do peso aqueles com IMC (índice de massa corporal, medido pelo peso dividido pela altura ao quadrado) igual ou superior a 25 kg/m². Já a obesidade ocorre quando o índice é igual ou maior que 30 kg/m². Os dados mostram ainda que a prevalência da obesidade duplica a partir dos 25 anos e é maior entre os que têm menor escolaridade. Para o Ministério da Saúde, vários fatores colaboram para esse crescimento.
Reações: