14 abril 2017

ESPAÇO: Sonda encontra indícios de vida em lua de Saturno

A sonda Cassini detectou moléculas de hidrogêneo na região polar sul de Encélado, lua de Saturno em 2015. Dois anos depois, dados compilados pelo pesquisador Hunter Waite e seus colegas do Southwest Research Institute indicam que a única fonte provável de hidrogênio são as reações hidrotermais entre rochas quentes e água no oceano embaixo da superfície gelada dessa lua. O estudo completo foi publicado na revista 'Science' nesta quinta-feira (13). Os resultados contribuem para futuras pesquisas sobre possível existência de vida no corpo celeste. A descoberta foi feita pela sonda Cassini. As amostras coletadas pelo instrumento continham até 1,4% de volume de hidrogênio molecular e até 0,8% de volume de dióxido de carbono. Ambos os elementos são essenciais para a metanogênese, reação fundamental a vida microbial em locais profundos e escuros, como o fundo do mar na Terra. As informações são do UOL
Reações: