26 abril 2017

DELAÇÃO: João Santana diz que Dilma é 'honesta e corajosa'

Honesta, rígida, corajosa, voluntariosa. Estes foram os adjetivos usados por João Santana para descrever Dilma Rousseff, durante delação premiada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "Convivi com centenas de políticos de vários matizes mas pouquíssimos – ou quase nenhum – tão honestos, rígidos, corajosos e voluntariosos como a presidenta. Mesmo assim, ela caiu nesta rede nefasta", disse em depoimento. Conforme a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o marqueteiro também desmentiu a ex-presidente e reforçado que Dilma sabia do caixa dois na campanha - ponto recorrentemente negado por ela. João Santana também fez revelações sobre Michel Temer. De acordo com ele, o presidente tentou convencê-lo, em 2015, a entrar na campanha à presidência "do amigo de um amigo", no Haiti. O marqueteiro declarou que recusou o convite por, à época, trabalhar na República Dominicana. O país tem relações diplomáticas estremecidas com o Haiti.
Reações: