26 março 2017

Reputação de Alckmin e Aécio cai após vazamento de delação

Após o vazamento das delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht em que são citados os nomes do governador de São Paulo Geraldo Alckmin e do Senador Aécio Neves (MG), entre vários outros, a reputação dos tucanos ficou bastante comprometida. Segundo revelado pela coluna Painel da Folha de S. Paulo, a percepção dos eleitores em relação ao político mineiro chega a espantar até alguns dos aliados dele. A imagem do grande adversário do PSDB nas eleições presidenciais de 2018, o PT, não é muito diferente. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é mencionado com uma certa mágoa, mas, por outro lado, há quem ainda aposte no petista. O desgaste do PT faz com que alguns dos seus membros defendam internamente que a sigla não lance um candidato para as próximas eleições, mas, sim, apoiem um nome de outra legenda.
Reações: