04 março 2017

JOGOS OLÍMPICOS: Suspeito de pagar pela Rio 2016 teve contrato bilionário com governo

O empresário Arthur César de Menezes Soares Filho, conhecido como “Rei Arthur” e ligado ao ex-governador Sérgio Cabral (à esquerda na foto acima), teve mais de R$ 3 bilhões em contratos com o governo do Rio de Janeiro, sendo um dos maiores fornecedores de mão de obra do estado. O nome do empresário ganhou os jornais nesta sexta-feira (3) após o jornal francês Le Monde denunciar o pagamento de propina feito por ele para a escolha da capital fluminense como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Sobre as acusações feita pelo diário francês, o Comitê Rio 2016 nega qualquer irregularidade nos bastidores da eleição e diz que a escolha foi “limpa”. Após a reportagem, o Comitê Olímpico Internacional se manifestou e disse que pedirá à França detalhes sobre escolha da Rio 2016.
Reações: