30 março 2017

INSATISFAÇÃO: Renan diz que governo Temer desmerece PMDB no Senado

O clima entre o senador Renan Calheiros, líder do PMDB, e o governo de Michel Temer continua tenso. O senador não aceita o que chama de desmerecimento da legenda no Senado. “Coalizão é sempre complexa, precisa de critérios. E se torna inviável quando desmerece um partido que tem 30% da Casa, que é o que acontece com o PMDB do Senado.” De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de São Paulo, para colocar "panos quentes" no impasse, o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o secretário-geral da Presidência da República, Moreira Franco, estiveram no gabinete do senador, na noite dessa quarta-feira (29). Segundo informações que circulam nos corredores do Planalto, na tentativa de conter a insatisfação de Renan, o Palácio começou a analisar a recriação do Ministério dos Portos, uma reivindicação do líder do PMDB, e já estaria cogitando alguns nomes da sigla para assumi-lá.
Reações: